Conecte-se

Carlos Wagner

Histórias mal contadas
Carlos Alberto Wagner é um repórter que fez carreira no jornalismo investigativo por mais de 30 anos no jornal Zero Hora, onde se especializou em temas sociais como conflitos fundiários, questões de fronteira e criminalidade. Considerado um dos mais premiados jornalistas brasileiros, foi vencedor de 38 prêmios, sendo sete Prêmio Esso Regionais. É autor de nove livros-reportagem, entre os quais "País Bandido: crime tipo exportação" (2003).
Ideias

Garçons e mordomos do Palácio do Planalto sabem algo sobre o caso das joias?

Carlos Wagner, para Headline Ideias

TEXTOS ANTERIORES

Caveirão da polícia é vista durante a reconstrução do assassinato de Agatha Sales Felix, de oito anos, no Complexo de Favelas do Alemão, no Rio de Janeiro, Brasil, em 01 de outubro de 2019. Felix morreu durante confronto entre supostos traficantes e policiais em 21 de setembro. Foto: Daniel Ramalho/AFP

Até quando o Caveirão será símbolo da política de segurança pública no Brasil?

Eficiência da ação do aparato policial depende de um bom serviço de informaçõesCarlos Wagner, para Headline Ideias28 de set. de 23

Heloísa dos Santos Silva. Foto: Arquivo pessoal

Quem treinou o policial da PRF que atirou e matou a menina Heloísa?

As estatísticas mostram que alguma que o ex-presidente da República Jair Bolsonaro (PL) teve o seu trabalho de pregação das teses de extrema direita facilitado nas academias policiaisCarlos Wagner, para Headline Ideias23 de set. de 23

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral do Brasil, Alexandre de Moraes, usa seu telefone durante os julgamentos de abertura do julgamento das invasões de 8 de janeiro pelos apoiadores do ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro em Brasília. Foto: Sérgio Lima/AFP

Dias depois do 8 de janeiro, julgamento dos golpistas entra na história do Brasil

O início do julgamento dos envolvidos nos atos de 8 de janeiro não significa que chegou ao fim a investigação da PF. Muito pelo contrário. Mas o recado é: atentar contra a democracia dá cadeiaCarlos Wagner, para Headline e Ideias17 de set. de 23

Pessoas recolhem os seus pertences após a passagem de um ciclone em Roca Sales, no Rio Grande do Sul, em 7 de setembro de 2023. Foto: Silvio Ávila/AFP

Tragédia gaúcha coloca as mudanças climáticas na pauta das eleições municipais

As decisões de prefeitos e vereadores influenciam diretamente o dia a dia dos moradores da cidade. É hora de perguntar: se o que era exceção no clima tornou-se o novo normal, o que eles têm a dizer?Carlos Wagner, para Headline Ideias8 de set. de 23

Lealdade a Bolsonaro de Mauro Cid das joias é igual à de Queiroz das rachadinhas?

Ex-presidente tem tradição de terceirizar o serviço sujo. Cid foi mais um dos terceirizados, mas o que acontecerá caso o tenente-coronel Cid resolva contar tudo, só o tempo diráCarlos Wagner, para Headline Ideias6 de set. de 23

Apoiadores do ex-presidente Bolsonaro participam de protesto para pedir intervenção federal em frente ao comando do Exército, em Porto Alegre, no dia 2 de novembro de 2022. Foto: Sílvio Ávila/AFP

Dia Municipal do Patriota foi uma bravata macabra da extrema direita gaúcha

O Dia Municipal do Patriota foi revogado pelos vereadores de Porto Alegre porque a sua existência incentiva a repetição do que aconteceu em 8 de janeiro. Mas o prefeito Sebastião Melo deu uma de Pilatos: lavou as mãosCarlos Wagner, para Headline Ideias29 de ago. de 23

Garçons e mordomos do Palácio do Planalto sabem algo sobre o caso das joias?

Tenho dito que está boa a cobertura da imprensa sobre os rolos de Bolsonaro. Mas podemos melhorá-la, procurando informações entre as pessoas que estavam lá quando tudo aconteciaCarlos Wagner, para Headline Ideias26 de ago. de 23

Maria Bernadete Pacífico era liderança do Quilombo Pitanga dos Palmares, no município de Simões Filho, na Bahia. Foto: Walisson Braga/Conaq

Intolerância religiosa e disputa agrária, motivos da execução de Mãe Bernadete

A eleição de Lula mudou tudo. Foram criados ministérios para tratar de conflitos agrários, povos indígenas e direitos humanos. Que recado o mandante do crime no quilombo mandou ao presidente?Carlos Wagner, para Headline Ideias22 de ago. de 23

Gloria Valencia (D), mãe do candidato presidencial equatoriano assassinado Fernando Villavicencio, dá um presente ao candidato presidencial do partido Construye, Christian Zurita, durante o encerramento de sua campanha antes da eleição nacional de 20 de agosto em Quito. Foto: Martin Bernetti/AFP

O assassinato do candidato a presidente do Equador e a fome dos yanomami

Na última década, organizações criminosas estão investindo pesado em duas novas rotas para levar a cocaína aos seus consumidores. Qual o poder dessas alianças na Floresta Amazônica? Carlos Wagner, para Headline Ideias18 de ago. de 23

O tenente-coronel do Exército brasileiro Mauro Cid, ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro, cumprimenta um de seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito que apura os atos de 8 de janeiro, quando uma suposta tentativa de golpe contra Lula da Silva ocorreu, no Congresso Nacional, em Brasília, em 11 de julho de 2023. A polícia brasileira alegou que o militar havia “reunido documentos com o objetivo de obter apoio 'legal e judicial' para a execução de um golpe de Estado". Foto: Evaristo de Sá/AFP

Caso das joias abriu um caminho direto da investigação policial até Bolsonaro

Valdemar Costa Neto, presidente do partido do ex-presidente, apostou alto que o prestígio político de Bolsonaro irá eleger prefeitos de várias capitais. Que impacto terá o caso das joias? Carlos Wagner, para Headline Ideias15 de ago. de 23

Detalhe da tornozeleira eletrônica usada pelo ex-ministro da justiça do governo Bolsonaro, Anderson Torres, durante seu depoimento para a CPMI que investiga os Atos Antidemocráticos do 8 de janeiro, em Brasília, em 08 de agosto de 2023. Foto: Lula Marques/ Agência Brasil

Ex-diretor da PRF é o elo fraco na cadeia de comando golpista de 8 de janeiro?

Levou décadas para se conhecer os bastidores de 1964. O 8 de janeiro foi transmitido online – e foi uma ofensa à inteligência dos brasileirosCarlos Wagner, para Headline Ideias14 de ago. de 23

Preso desde maio, o tenente-coronel Mauro Cid, foi ajudante de ordens do ex-presidente da República e atualmente é investigado pela Polícia Federal por diversos crimes dos quais teria participado durante o governo Bolsonaro. Foto: Daniel Marenco/HDLN

Tenente-coronel Cid é o mestre da farra das joias do ex-presidente Bolsonaro

Algumas pessoas que fizeram parte do círculo íntimo do ex-presidente entenderam qual era seu jogo e não sujaram as mãos. O ex-ajudante de ordens pensou que vivia em uma república de bananasCarlos Wagner, para Headline Ideias11 de ago. de 23